quarta-feira, 31 de outubro de 2012

ERVAS PARA PROTEÇÃO CONTRA ENERGIAS NEGATIVAS


Não dá para nos livramos de toda a inveja do mundo e nem de toda a inveja que há em nossa própria personalidade.
Poucos podem fazer também contra a inveja que o outro tem da gente, afinal, quem sente a inveja é o outro e só ele pode administrar esse sentimento.
Porém, podemos melhorar nossa auto-estima, passando a emanar amor, e um sentimento de bem estar, atraindo a admiração e o respeito das pessoas.
Mas, enquanto não conseguimos realizar toda esta transmutação energética, podemos ir usando as ervas, que a Mãe-Natureza tão generosamente nos oferece, para irmos nos protegendo.
É claro, que mais uma vez é importante enfatizar que só isso não é o suficiente e que a verdadeira proteção vem de dentro, a partir do autoconhecimento e da auto estima, porém, podemos utilizar as ervas para irmos elevando nossas vibrações, criando um campo energético de proteção ao nosso redor.
Seguem algumas dicas:
ALECRIM:
Uma das versões do conto "A bela Adormecida" diz que a Bela Adormecida foi acordada pelo príncipe com um ramo de alecrim.
Os gregos usavam coroas de alecrim em festas, como símbolo da imortalidade. Por isso, usa-se o alecrim para afastar olho gordo.
É também a erva da juventude eterna, do amor, amizade e alegria de viver.
Se colocada debaixo do travesseiro afasta maus sonhos.
É uma erva que tonifica as pessoas e os ambientes.
É considerado também um poderoso estimulante natural, favorecendo as atividades mentais, estudos e trabalho.
Favorece e fortifica o ânimo e vitalidade das pessoas.
No ambiente, agindo em conjunto com arruda, "segura" as energias de inveja, mau-olhado e fofocas.
Pode ser usada no vasinho ou queimada seca na forma de defumação.
Pode-se tomar banhos fazendo uma infusão com a erva.
 
 
ARRUDA E CÂNFORA:
Usadas desde a antiguidade para proteger as pessoas do mau olhado, no século XVI deram origem a uma história curiosa: quando morriam em Londres 7.000 pessoas por semana com a peste, e as casas atingidas eram marcadas com uma cruz vermelha, alguns ladrões não se incomodavam, entravam para roubar e não eram atingidos pela peste.
O motivo: um famoso vinagre, dos quais um dos principais componentes era a arruda, num galão de vinagre de vinho junto com a sálvia, losna, menta, alecrim e lavanda, temperadas com alho, cânfora, noz moscada, cravo e canela, constituindo um poderoso antisséptico.
Essa mistura ficou conhecida como o vinagre dos quatro ladrões.
 
 
ARRUDA:
é umas das ervas mais poderosas para combater inveja e olho-gordo. A arruda já era conhecida e usada na antiga Grécia e Roma.
Foi popularizada no Brasil pelas escravas na época na colonização.
Quando colocada num ambiente, além de proteger, emite vibrações de prosperidade e entusiasmo.
Podemos ter sempre um galho de arruda junto ao corpo para reter as energias negativas.
Não deve ser ingerida.
 
CÂNFORA:
limpa ambientes carregados.
Pode ser usada em pastilhas no potinho com álcool ou na forma de incenso.
 
PATCHOULY:
Desperta a intuição, e forças para defesa contra energia negativa.
Pode ser usado em óleo essencial no difusor ou na forma de incenso.
 
 
SÁLVIA:
Para os romanos era erva sagrada, cuja colheita era cercada de rituais.
A crendice popular dá conta de que é uma das ervas das feiticeiras, já que protege contra feitiços.
É também usada para compor o vaso das sete ervas de proteção.
Ainda segundo a crença popular, toda pessoa deve ter um pé de sálvia plantado em casa, mas nunca pelo próprio dono da casa, é melhor pedir para alguém de fora.
Dormir com folhas de sálvia sob o travesseiro torna os sonhos realidade.
Pode ser usada no vasinho ou pode-se queimar a erva seca e usar como defumador.
Pode-se tomar banhos fazendo uma infusão com a erva.
 
 
GUINÉ:
em um ambiente tem o poder de criar um "campo de força" de proteção, bloqueando as energias negativas e emitindo vibrações otimistas.
Atrai sorte e felicidade.
Cria uma energia de bem-estar nos ambientes.
Usada no vasinho.
 
 
COMIGO-NINGUÉM-PODE:
o nome da erva já diz tudo.
Afasta e quebra todas as energias negativas dos ambientes.
Em uso conjunto com espada de São Jorge quebra feitiços, magia e mau-olhado.
Além deste superpoderes é uma planta muito bonita para qualquer ambiente.
Para ser usada em vasos maiores.
Nunca deve ser ingerida.
 
 
ESPADA DE SÃO JORGE:
por causa de suas folhas pontudas é facilmente associada ao poder de cortar as energias negativas, a inveja, olho-gordo, magia, etc.
Alguns dizem que espanta os maus espíritos.
Ao cortar as energias negativas, a erva atrai coragem e prosperidade.
Para ser usada em vasos maiores, ou plantada em floreiras na frente da casa.
 
 
MANJERICÃO:
Além do delicioso sabor que passa como tempero da cozinha italiana, o manjericão, quando exposto num ambiente, tem a propriedade de acalmar e trazer paz de espírito a todos.
Ao acalmar as tensões, afastamos os pensamentos negativos e nuvens negras.
Usado em vasinhos.
Pode-se tomar banhos, fazendo uma infusão da erva.
 
 
PIMENTEIRA:
esta planta combate as energias pesadas e ariscas.
É uma planta de vibração estimulante, afrodisíaca, tonificante e atrai boas energias para o amor.
Usa-se em vasinhos.
 
 
VASO COM 7 ERVAS:
Poderosos amuleto contra inveja.
Pode se feito pela própria pessoa ou comprado em lojas esotéricas.
Composto por: arruda, guiné, comigo-ninguém-pode, espada-de-são-jorge, alecrim, manjericão, pimenteira.
 
 
SAL GROSSO:
retira do ambiente as energias negativas, absorvendo-as.
Deve ser renovado sempre, para que não volte a emanar a energia de volta para o ambiente.
Pode ser usado em amuletos como vasinhos com sal grosso e pimentinha, velas de sal grosso.
Pode ser usado em banhos, diluído em água, jogado no corpo do pescoço para baixo.
Após o banho de sal grosso, sempre tomar um banho com alguma erva, para repor as energias, pois o sal descarrega a aura.
Pode ser um banho com um chá (coado e morno) feito de alecrim ou sálvia.
 Bom dia das Bruxas

1 comentário:

Kellen Bittencourt disse...

Oii Monica, perfeito a indicação das ervas, tbém acho que uma ajuda contra os maus agouros é muito bem vinda, já tomei uns banhos, estou precisando de outros rsr bjooss

Carlos Drumond de Andrade escreveu:

"Casa arrumada é assim:Um lugar organizado, limpo, com espaço livre pra circulação e uma boa entrada de luz.Mas casa, pra mim, tem que ser casa e não um centro cirúrgico, um cenário de novela.Tem gente que gasta muito tempo limpando, esterilizando, ajeitando os móveis, afofando as almofadas...Não, eu prefiro viver numa casa onde eu bato o olho e percebo logo:Aqui tem vida...Casa com vida, pra mim, é aquela em que os livros saem das prateleiras e os enfeites brincam de trocar de lugar.Casa com vida tem fogão gasto pelo uso, pelo abuso das refeições fartas, que chamam todo mundo pra mesa da cozinha.Sofá sem mancha?Tapete sem fio puxado?Mesa sem marca de copo?Tá na cara que é casa sem festa.E se o piso não tem arranhão, é porque ali ninguém dança.Casa com vida, pra mim, tem banheiro com vapor perfumado no meio da tarde.Tem gaveta de entulho, daquelas que a gente guarda barbante,passaporte e vela de aniversário, tudo junto...Casa com vida é aquela em que a gente entra e se sente bem-vinda.A que está sempre pronta pros amigos, filhos...Netos, pros vizinhos...E nos quartos, se possível, tem lençóis revirados por gente que brincaou namora a qualquer hora do dia.Casa com vida é aquela que a gente arruma pra ficar com a cara da gente.Arrume a sua casa todos os dias...Mas arrume de um jeito que lhe sobre tempo pra viver nela...E reconhecer nela o seu lugar."

Google+ Badge

A minha Lista de blogues