quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Porta pano de prato

 Olá queridas amigas e seguidoras!!!
Hoje quem vos escreve é uma vovó muito feliz.
Venho mostrar mais uma criatividade envolvendo o croché e a reciclagem de CD.

No Brasil é uma peça muito comum as amigas fazem de diversos modelos, pontos e cores minha mãe me mandou uma caixinha pelo correio com alguns mimos onde me mandou um, deu para ver os pormenores  e no mesmo dia comecei a fazer este o meu de Natal, afinal aqui em casa as inspirações estão sendo poucas, mas faltam menos de um mês para o dia do nascimento do menino Jesus.

Fiquei com vontade de fazer e fiz mesmo.
Vejam como ficou, eu sou muito suspeita mas fico olhando para a peça e nem acredito que deu tudo certo, ficou lindinho diferente,

Aqui com um pano da louça com uma barra de tecido estampado de Natal, que já coloquei anteriormente agora só falta  pintar alguma coisinha no pano, pois esta assim muito branquinho, temos que dar cor afinal é para o Natal
" A todos os que sofrem e estão sós,

dai sempre um sorriso de alegria.

Não lhes proporciones apenas os vossos cuidados,

mas também o vosso Coração." 
Madre Teresa de Calcutá

Beijinhos Amor e Paz em vossos lares.
Tenho comentado os blogs das amigas, mas parece que ninguém  me visita pois não recebo comentários
Se passarem por aqui deixem pelo menos um olá.


2 comentários:

Conceição disse...

Olá Mónica,

Gostei imenso pois ficou muito lindo, um encanto, parabéns!
Quando o pano estiver pintado ainda vai ficar mais alegre.
O teu sogro está melhor? Espero que sim.
Beijinhos
São

Decor'ação disse...

Hum que amor!
Já sei fazer o papai noel, vou ver se consigo fazer este porta panos.

Beijinhos,
Lú Melo

Carlos Drumond de Andrade escreveu:

"Casa arrumada é assim:Um lugar organizado, limpo, com espaço livre pra circulação e uma boa entrada de luz.Mas casa, pra mim, tem que ser casa e não um centro cirúrgico, um cenário de novela.Tem gente que gasta muito tempo limpando, esterilizando, ajeitando os móveis, afofando as almofadas...Não, eu prefiro viver numa casa onde eu bato o olho e percebo logo:Aqui tem vida...Casa com vida, pra mim, é aquela em que os livros saem das prateleiras e os enfeites brincam de trocar de lugar.Casa com vida tem fogão gasto pelo uso, pelo abuso das refeições fartas, que chamam todo mundo pra mesa da cozinha.Sofá sem mancha?Tapete sem fio puxado?Mesa sem marca de copo?Tá na cara que é casa sem festa.E se o piso não tem arranhão, é porque ali ninguém dança.Casa com vida, pra mim, tem banheiro com vapor perfumado no meio da tarde.Tem gaveta de entulho, daquelas que a gente guarda barbante,passaporte e vela de aniversário, tudo junto...Casa com vida é aquela em que a gente entra e se sente bem-vinda.A que está sempre pronta pros amigos, filhos...Netos, pros vizinhos...E nos quartos, se possível, tem lençóis revirados por gente que brincaou namora a qualquer hora do dia.Casa com vida é aquela que a gente arruma pra ficar com a cara da gente.Arrume a sua casa todos os dias...Mas arrume de um jeito que lhe sobre tempo pra viver nela...E reconhecer nela o seu lugar."

Google+ Badge

A minha Lista de blogues