sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Olá gente boa como estão???
Vocês conhecem essa fruta ai....????

Marmelos
Marmelos,é isso,tenho uma árvore que todos os anos fica carregada deles cada um maior que o outro,já tive marmelos a pesar cada um 500 gramas.
Colhi duas bacias grandes daquelas de recolher a roupa para passar cheias,alguns estragaram,ainda dei duas sacolas para a minha sogra e fiquei com alguns e resolvi fazer a marmelada,já tenho feito outros anos,mas tenho feito tantas  coisas depois que cheguei de viagem que ainda não tinha tido tempo para isso.É bem trabalhoso,temos que descascar,tirar as sementes,depois pesar e calcular o açúcar,eu sempre tiro um pouquinho no açúcar,as receitas em geral dizem que para um kg de marmelos deve levar também um kg de açúcar mais eu coloco umas 700 gramas
Olha aqui ainda no fogo ,ainda me queimei....

Já pronta

E ai está o que rendeu,fiz dois kg de marmelos
Eu gosto destas coisas,mas é incrível que a maior parte das pessoas não querem ter este trabalho é muito mais fácil ir até ao super mercado e comprar uma caixa de marmelada,deve até ficar mais barato.
Para alguns conhecidos eu disse que tinha muitos marmelos é quis dar,mas ninguém quis, dizem que é muito trabalho  fazer e que suja muito,só as pessoas mais antigas é que ainda fazem, para consumo próprio e tem muito amor e gosto em oferecer uma caixinha para as amigas,as mais jovens não querem ter esse tipo de trabalho.
Eu sou brasileira ,mas procuro cultivar tradições portuguesas,gosto de fazer piquenique,fazer marmelada,cultivar uma hortinha aqui em casa e muitas outras coisas que agora não me vem a cabeça.
Devo dizer que esta marmelada feita com os marmelos do meu quintal, não tem nada a ver com aquelas compradas nos super mercados,a minha é muito mais gostosa porque leva um ingrediente marcante que torna tudo melhor que é o AMOR.

Marmelada
1kg de marmelo limpo
1 kg de açúcar
1 dl de água

Preparação
Levar os marmelos lavados e cortados em pedaços ao fogo com o açúcar e a água.Deixar cozer bem.Quando tudo estiver cozido,reduzir a puré com a varinha mágica,de modo a ficar uma mistura homogénea.Deixar ferver mais um pouco até atingir o ponto de estrada.
Deitar em tacinhas e deixar secar com uma tampa de papel vegetal embebido em aguardente

Beijos amigas, desejo um bom fim de semana.

5 comentários:

Renata Guidinha disse...

Senti o cheirinho daqui... Eu também ainda estou nessa de fazer doces caseiros. Meu marido acha um absurdo, até porque é ele quem lava os utensílios usados,rsrrsrs. Bom, mas depois de pronto todo mundo curte...
Já faz um tempo que não compro marmelo (aqui não é difícil de encontrar), mas o cheirinho adocicado sinto ao passar perto de frutarias.
Bjks no coração
Renata http://cercaviva.blogspot.com/

Tina disse...

Faço esta receita com goiabas, voce dá o ponto de corte? ou é de comer com colher?...delicia né?
Na casa da minha sogra tinha um pé ,tambem dava muitos marmelos, depois que ela e meu sogro faleceram, sabe que nunca mais fui no pomar de lá! agora voce me assanhou...preciso encontrar marmelos rsrsrs
Amiga vim te desejar um final de semana feliz e abençoado
bjs
Tina (SONHAR E REALIZAR)

Nil Lima da Silva disse...

Nossa que delicia!!!!!
Minha Tia Carmen fazia uma marmelada maravilhosa, e varios outors doces, compotas e conservas, a casa dela era um paraiso dos odores e sabores...
Pena que hoje a atrofia muscular a impede, mas é uma lembrança deliciosa que eu tenho...
Um abraço Monica e um doce final de semana para você.

KIKA ARTESANATO EM GERAL disse...

eu quero,eu quero,eu quero,eu querooo..ummm agua na boca,hummmmm...ai amiga faz isso comigo não...hummmmm..queroooooo,lol..eu nunca comi marmelada caseira...e essa com esse ingrediente especial então deve estar hummmm...rsss...
preciso me mudar mais perto de você amiga..rsrsrss..obrigada pela visita,te agradeço de coração..bjus
eu tbm adoro cultivar hortinha,colher frutos e mecher com colher de pal,ja disse pro Jorge,vamos mudar de novo,quero uma CASA pois quero um fogão a lenha..ele disse:Monica você é a unica mulher que pede coisas complicadas para fazer..fogão a lenha,horta,poço,etc..rsss,,as mulheres de hoje se casa e não quer muito trabalho não de preferencia querem comer fora pra nao fazer nada,...kkk...palavras dele!

Bianca Pires disse...

Nossa, que vontade que me deu! Quero ser sua vizinha e amiga pra provas suas delícias feitas com amor. bjs

Carlos Drumond de Andrade escreveu:

"Casa arrumada é assim:Um lugar organizado, limpo, com espaço livre pra circulação e uma boa entrada de luz.Mas casa, pra mim, tem que ser casa e não um centro cirúrgico, um cenário de novela.Tem gente que gasta muito tempo limpando, esterilizando, ajeitando os móveis, afofando as almofadas...Não, eu prefiro viver numa casa onde eu bato o olho e percebo logo:Aqui tem vida...Casa com vida, pra mim, é aquela em que os livros saem das prateleiras e os enfeites brincam de trocar de lugar.Casa com vida tem fogão gasto pelo uso, pelo abuso das refeições fartas, que chamam todo mundo pra mesa da cozinha.Sofá sem mancha?Tapete sem fio puxado?Mesa sem marca de copo?Tá na cara que é casa sem festa.E se o piso não tem arranhão, é porque ali ninguém dança.Casa com vida, pra mim, tem banheiro com vapor perfumado no meio da tarde.Tem gaveta de entulho, daquelas que a gente guarda barbante,passaporte e vela de aniversário, tudo junto...Casa com vida é aquela em que a gente entra e se sente bem-vinda.A que está sempre pronta pros amigos, filhos...Netos, pros vizinhos...E nos quartos, se possível, tem lençóis revirados por gente que brincaou namora a qualquer hora do dia.Casa com vida é aquela que a gente arruma pra ficar com a cara da gente.Arrume a sua casa todos os dias...Mas arrume de um jeito que lhe sobre tempo pra viver nela...E reconhecer nela o seu lugar."

Google+ Badge

A minha Lista de blogues